Homem caminhando na plantação de trigo, ilustrando os 4 hábitos milionários que farão qualquer pessoa enriquecer.

Para lhe ajudar no entendimento dos 4 hábitos milionários que farão você enriquecer, vou te contar uma rápida história.

Tudo se passou no ano de 1950, na cidade Petipá.

Era um lugarejo de interior, muito pequeno e que tinha apenas 10 mil habitantes.

Quase todos se conheciam e dependiam de alguma forma da agricultura local, fosse para tirar os alimentos para sua família, para vendê-los no mercado da cidade vizinha ou trabalhando para aqueles que tinham mais terras.

E lá, ao longo de toda a história da cidade, se desenvolveu uma cultura e um hábito de cultivo das plantas que era o seguinte:

  1. Jogar as sementes na terra de qualquer jeito;
  2. Torcer para que a chuva molhasse as sementes;
  3. Voltar para olhar como as plantas estavam se desenvolvendo depois de 6 meses;
  4. Colher tudo o que fosse possível;
  5. Comer ou vender tudo o que foi colhido.

Assim a população de Petipá vinha agindo ao longo de toda sua existência.

Nem preciso falar que faltava alimentos para comer e/ou vender de tempos em tempos, não é mesmo?

Claro, com um cultivo pouco padronizado e sem muita técnica era de se esperar que os resultados na maioria das vezes ficassem abaixo do esperado.

Foi então que certo dia, pela segunda vez na história da cidade, um forasteiro resolveu ficar por ali.

Sim, segunda vez porque a primeira foi um senhor numa carroça que errou a entrada para Cornel e acabou parando em Petipá.

Ele carregava uma substância mística em sua bagagem e quando os moradores viram nunca mais deixaram ele sair de lá.

Mas voltando ao forasteiro.

O nome dele era Sementino Vigora e ele tinha ido para Petipá porque soube que ali a terra era muito boa para plantar.

Como ele tinha o sonho de viver da agricultura, sendo apaixonado pela terra e por plantas desde pequeno, pensou que essa poderia ser sua grande oportunidade.

A oportunidade

4 Hábitos Milionários Que Farão Você Enriquecer 1

E lá estava ele, sozinho no centro da cidade envolvido pelos moradores locais.

Rapidamente ele se apresentou, pois era um rapaz muito comunicativo, e contou da sua ideia:

“Pessoal, eu vim aqui para cultivar trigo, pois fiquei sabendo que a terra que tem por aqui é muito boa para isso.

Vou começar minha produção já na semana que vem, seguindo o que aprendi com meu avô, que construiu toda sua fortuna com a agricultura:

  1. Preparar o terreno;
  2. Semear as sementes;
  3. Acompanhar o crescimento das plantas diariamente;
  4. Controlar a quantidade de água e nutrientes ideal para o máximo desenvolvimento da lavoura;
  5. Esperar o momento da colheita;
  6. Colher o trigo, lembrando de extrair as sementes das melhores plantas;
  7. Utilizar as sementes das melhores plantas no próximo plantio, fazendo com que o plantio evolua um pouco em cada ciclo.

Ao final de 10 anos eu estarei utilizando apenas as sementes das melhores, das melhores (…) plantas para meu plantio, fazendo com que minha produção atinja níveis nunca antes vistos por aqui.

Isso vai permitir que eu venda meu trigo por um preço muito melhor do que vocês vendem hoje.

Vai permitir, também, que eu venda minhas sementes por um valor altíssimo.

Fará com que eu nunca mais precise me preocupar com dinheiro.”

Os acomodados

Nesse momento, as pessoas que estavam próximas dele começaram a rir do que haviam escutado.

Ninguém nunca havia falado tanta baboseira.

Tudo isso parecia impossível e a maioria preferiu continuar fazendo as coisas como já faziam.

Eis que o Sr. Sementino começou seu trabalho e já nos primeiros seis meses os resultados começaram a aparecer.

Preparar o terreno antes de semear garantiu que 95% das plantas germinassem, sendo que a média de Petipá era de 68%.

Fazer o acompanhamento diário do desenvolvimento da sua lavoura permitiu ele identificar o ataque de pragas logo no começo, tomando ações imediatas que reduziram a mortalidade de suas plantas para 3%.

Controlar a quantidade de água e nutrientes das plantas fez com que seu trigo se desenvolvesse duas vezes mais rápido e três vezes maior do que a média de Petipá.

Colher as sementes dos melhores indivíduos fez com que ele duplicasse a qualidade de suas plantas a cada 4 ciclos, que dava 2 anos.

E assim, contrariando todos os julgamentos iniciais, Sr. Sementino mostrou porque veio.

Dessa forma ele se tornou o homem mais rico e despreocupado da cidade, dando à sua família o que sempre quis e vivendo a vida que sempre sonhou.

Agora eu lhe pergunto:

Você está gerenciando suas finanças como os moradores de Petipá faziam, sem qualquer acompanhamento e controle, jamais poupando e quem dirá investindo?

Ou está sendo um Sr. Sementino que sabe o que é necessário para alcançar sua liberdade financeira?

Essa sua escolha é que vai dizer se você conseguirá um dia dar a vida que deseja para sua família ou não.

E é aqui que lhe apresento os 4 hábitos financeiros fundamentais para você alcançar sua LIBERDADE FINANCEIRA, podendo viver e dar a sua família a vida que sempre sonhou.

4 hábitos milionários para seu enriquecimento

1) Acompanhar

Pegadas na areia, demonstrando que é necessário acompanhar as pegadas financeiras para enriquecer.

Desde que você tenha dinheiro, de alguma forma você sempre irá utilizá-lo.

Assim como o Sr. Sementino fazia com sua lavoura, é fundamental que você acompanhe como você está utilizando seu dinheiro.

Saber de onde ele vem e para onde ele vai é o primeiro passo para você começar a dominá-lo.

Para te ajudar com essa etapa, use o que você tiver disponível.

Pode ser um aplicativo como o GuiaBolso, pode ser uma planilha de controle financeiro, pode ser o bloco de notas do seu celular ou até mesmo uma agenda ou um pedaço de papel.

Não importa muito o como fazer, o que importa é fazer.

Com o tempo você vai melhorando e querendo formas melhores de acompanhar seu dinheiro.

2) Controlar

Homem controlando uma mesa de som, representando um dos hábitos milionários, o controle do dinheiro.

Agora que você já adquiriu o hábito de ACOMPANHAR, sabe para onde o seu dinheiro está indo, é importante que você comece a controlá-lo.

Assim como o Sr. Sementino fez com a água e os nutrientes de sua plantação, você pode fazer com seu dinheiro.

Para isso, analise cada uma das suas despesas e pense de maneira criativa como é possível fazer alguma coisa para otimizar seus recursos.

Vou dar um exemplo prático meu.

Eu estava gastando há uns meses atrás R$ 135,00 com telefone fixo e internet.

Comecei a perceber que eu e minha esposa fazíamos apenas 1 ou 2 ligações do fixo por semana.

Liguei para a operadora de telefonia e expliquei minha situação, falando que eu praticamente não usava a linha e perguntando o que ela (a operadora) poderia fazer para mim.

Imediatamente sugeriram um novo plano e isso reduziu minha conta para R$ 70,00.

Num ano, só com essa redução, economizarei R$ 780,00.

Opa, só essa economia me permite passar um final de semana por ano com minha família numa pousada aqui perto de Curitiba.

E você, o que fará com o que vai economizar?

Veja mais ideias para reduzir gastos nesse outro post que escrevi e que pode de proporcionar uma economia de mais de R$ 1.000,00 por ano.

3) Poupar

Uma vaca guardando dinheiro, mostrando que poupar faz parte dos 4 hábitos milionários para enriquecer.

Agora que você chegou até aqui, controlou algumas de suas despesas e já está sobrando um pouco de dinheiro na sua conta todo mês, começaremos a te gerar riqueza.

O Sr. Sementino fez isso guardando as sementes de suas melhores plantas.

Você pode começar analisando quanto está conseguindo fazer sobrar e definindo quanto você vai poupar todo mês.

Assim que possível, defina esse valor como sendo um percentual da sua renda.

Dessa forma, quando você aumentar sua renda aumentará também o quanto está poupando, e isso te levará mais rápido à sua Liberdade Financeira.

Atualmente, a maioria dos livros fala em 10% da renda.

Mas por que 10%?

Porque ele tem um registro histórico em nossa cultura em função do dízimo da igreja católica, atualmente praticado em outras religiões também.

De certa forma, a doação para a igreja sempre foi algo positivo para quem está doando e esses 10% ficaram registrados como algo bom.

Por isso que alguns especialistas de finanças pessoais indicam esse mesmo valor.

No entanto, fique à vontade para definir o que for saudável para você e para sua família (5%, 10%, 15%, 20%, etc.).

IMPORTANTE: sempre “se pague” primeiro.

Ou seja, quando você receber sua renda, a primeira coisa que você faz é guardar sua poupança e viver com o que sobra.

Isso garante que você consiga sempre poupar o quanto definiu e remunere primeiramente a pessoa mais importante da sua vida, VOCÊ.

4) Investir

Dinheiro sendo plantado no chão com o intuito que ele gere frutos, chamados de juros compostos e que levarão qualquer pessoa à riqueza.

No momento que você chegar nessa etapa com suas finanças, você estará realmente comprometido com sua LIBERDADE FINANCEIRA.

Agora é só questão de tempo para você alcançar todos os seus objetivos.

Mesmo que você ainda não saiba o valor necessário para parar de se preocupar com dinheiro, apenas 8% dos brasileiros investem seu dinheiro em produtos que realmente rendem mais do que a inflação.

Aqui é o momento de você fazer o dinheiro trabalhar para você e começar a acelerar suas finanças.

E é nessa etapa que você começará a sentir os efeitos maravilhosos dos juros compostos (juros sobre juros).

Faça com que suas opções de investimento estejam sempre alinhadas com:

  • Sua propensão a risco;
  • Prazo dos seus objetivos;
  • Rentabilidade desejada.

Como sugestão, nesse momento vale você procurar um assessor de investimento.

Só fuja do seu gerente do banco porque ele geralmente irá lhe empurrar o produto que for mais interessante para ele e não para você.

Resumo

Tenho certeza que se você criar e manter esses 4 hábitos milionários você conseguirá conquistar todos os seus objetivos financeiros e alcançará sua liberdade.

O desafio será grande, mas lembre-se de que você já tem dentro de você tudo o que precisa para atingir tudo o que quer.

Para mostrar o quanto gostou ou não gostou desse post, o quanto ele lhe ajudou ou se tudo isso é bobagem, deixe um comentário abaixo para que eu saiba.

Agradeço por ter lido até o fim.